karina barum

apresentadora

Atriz de teatro, cinema e televisão, começou seus trabalhos nos palcos paulistanos em 1993 com dramas e comédias como “Lolitas” de Maurício Nunes , “O Mistério de Gioconda” de Paulo Guarnieri, “As Mentiras que os homens Contam” de Luiz Fernando Veríssimo, “De Alma Lavada” de Sergio Róveri, “Herótica- Cartilha Feminina para Homens Machos” de Darson Ribeiro, “Suburbia” de Eric Bogozian, “Jamais Seremos Tão Jovens” de Mario Cezar Costa, “Como Monitorar um Homem” de Mirian Palma, “Destempo” de Eugenio Grifero..

Na televisão iniciou com Cécil Thiré na novela “74.5 Uma Onda no Ar ” na extinta TV Manchete. Na rede Globo entra em “Malhação” com Wolf Maia. Faz sucesso com a personagem Shirley na novela “Torre de Babel” de Silvio de Abreu. Protagoniza o remake a novela ” Louca Paixão” de Ives Dumont, com a personagem Letícia na rede Record. Na novela “Esmeralda” ganha muitos fãs onde interpreta a antagonista Graziela, na novela mexicana do SBT. Em “A Padroeira” de Walcyr Carrasco, é convidada pelo diretor Walter Avancini para por vida na cabocla Tiburcina, na rede Globo.

No cinema inicia com a direção de Walter Lima Jr. com a protagonista Benedicta no filme falado em inglês “The Monk and the Hangman’s Daughter”( O Monge e a Filha do Carrasco”), depois em “Buena Sorte”, de Tânia Lamarca, protagoniza a personagem Julia junto com Marcos Palmeira, em “O Quinze” de Raquel de Queiroz, interpreta Conceição.

Em ” Os Invasores” de Marcelo Toledo faz a suburbana Raquel. Em “A Palavra” trabalha com o diretor Guilherme de Almeida Prado fazendo dois papéis Azuba e Miriã. Filme a ser lançado. Também se aventura na direção de teatro com a comédia “Mulher Burra” e dirige o curta “Parada Solicitada” . Atualmente produz a peça de Sergio Talstaldi e Márcia Pagani, onde interpretará Mary Shelley.

 

 

Festcine Goiania 2019 | Secretaria Municipal de Cultura de Goiânia. Prefeitura de Goiânia.